II. Gestão do Destino Turístico

O grupo de investigação irá desenvolver estudos que incidam sobre as ações A1. Caracterização do destino e A5. Caracterização das atividades acessórias, elencadas no Plano Estratégico para Centros de Investigação sediados na Região Autónoma da Madeira.

O plano de trabalhos a realizar deverá incidir sobre ações que permitem validar a informação relativa aos fatores de atração do destino assim como a inventariação das vantagens competitivas do destino com base num exercício de benchmarking. Neste sentido, serão abordados temas relacionados com a competitividade do destino turístico e da indústria hoteleira, com enfoque nos fatores de infraestruturas, tecnologia, inovação, capital humano, rede de distribuição e satisfação do consumidor.

A atração de novos segmentos implica o desenvolvimento de novos focos de interesse, em termos da oferta de bens, serviços e equipamentos. A escassez de recursos e a necessidade de selecionar e hierarquizar prioridades exigem a realização de ações conducentes à definição, natureza e dimensão de mercado regional, que potencie a atratividade comercial de segmentos de turismo relacionados com a agricultura, o ambiente, a gastronomia e a cultura, sendo, por isso, conveniente que seja recolhida e processada informação precisa sobre o potencial dessas áreas diferenciadoras do mercado.